FINANCIAMENTO IMOBILIARIO - INVEST MAIS

Realize o sonho da casa própria com as menores taxas do mercado.


Estamos aptos a prestar-lhe assessoria para o seu financiamento imobiliário, de forme rápida e segura.


Somos agente credenciado da INVEST MAIS, empresa com mais de 6 anos no Mercado Imobiliário e que trabalha com as principais Instituições Financeiras, ajudando os nossos clientes na realização do Financiamento Imobiliário.


Entre em contato conosco:


Site: https://www.imobiliariaempirassununga.com.br/fale-conosco.html


Watsapp: (19) 3055-1212


kxlarge.jpg



O que é Financiamento Imobiliário? 


O financiamento imobiliário é uma linha de crédito que ajuda você a realizar o sonho da casa própria.



Como é o processo:


1

Simulação

Comece seu financiamento tendo uma ideia dos valores que você vai precisar desembolsar na compra do imóvel desejado.

Informe o valor do imóvel e o valor que você pretende financiar, que logo você terá em suas mãos uma visão da evolução das parcelas.

2

Análise de Crédito

Vamos fazer a análise do seu crédito em todos os bancos, com rapidez e segurança.

3

Análise de documentos

Para garantir a operação de compra e venda do imóvel, os bancos exigem documentos e fazem uma avaliação do imóvel que está a venda.

Esta documentação é analisada minuciosamente para garantir a segurança dos envolvidos.

4

Confirmação dos Valores

Confirme os valores da sua operação para ver se elas estão do jeito que você precisa.

Após o seu ok, o banco vai revisar as informações do contrato e finalizá-lo.

5

Assinatura e registro

Com o contrato impresso, compradores e vendedores precisam assinar ele para garantir e validar a operação.

Depois de todos terem assinado, o comprador do imóvel precisa levar o contrato para o Cartório de Imóveis para a matrícula ser atualizada no nome do novo dono do imóvel.

6

Liberação dos recursos

Depois do contrato registrado, o comprador precisa enviar ele de novo para o banco, desse modo, é feito a liberação de valores para o vendedor. Caso o comprador tenha financiado o ITBI, ele recebe o valor depois desse trâmite.




Documentos necessários para financiamento:


1. Documento de identidade

Pode ser Carteira de Identidade (RG em bom estado de conservação), Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou documentos profissionais de órgãos classistas como OAB, CRM e CREA.

2. CPF

Caso o número do CPF esteja em qualquer um desses documentos de identidade, não há necessidade de entregar o CPF individual.

3. Comprovante de estado civil

Os solteiros devem apresentar a certidão de nascimento e os casados, a de casamento, que deverá estar averbada no caso de divorciados.

4. Comprovante de endereço

De preferência em nome do proponente, pode ser qualquer tipo de comprovante (conta de luz, telefone, correspondência bancária etc) e deve ser recente.

5. Declaração de Imposto de Renda

Qualquer pessoa que não esteja no grupo de isenção do Imposto de Renda deve entregar a declaração completa do último período, inclusive com folha de rosto e recibo de entrega. Os isentos não precisam entregar nenhum outro documento.

6. Extrato do FGTS

Caso você queira utilizar seu FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para ajudar a quitar o financiamento, também deve apresentar extrato original atualizado do FGTS, emitido em uma agência da Caixa Econômica Federal.

8. Carteira de Trabalho

Todo assalariado precisa apresentar a Carteira de Trabalho entre os documentos para financiamento. Providencie também cópias da folha de rosto (a que tem a foto), da folha de classificação, do número do PIS, de todos os contratos de trabalho e da folha posterior ao último contrato.

9. Comprovante de renda

Este é o documento que comprova que você realmente tem capacidade de assumir compromisso mensal do financiamento. Com base nele será definido o valor da carta de crédito.

O comprovante é de renda familiar, então, você pode somar a renda de todos os integrantes da família que trabalham ou que tenham renda formal.

E muito importante: geralmente, as prestações do financiamento não podem exceder 30% da renda familiar comprovada. Para cada situação, há uma maneira de comprová-la. Confira:

9.1. Assalariados

No caso do trabalhador formal, deve ser apresentado o holerite. Esse é o documento emitido pelas empresas para seus funcionários comprovando o pagamento. Normalmente, são solicitados os três últimos para que se faça uma média ponderada da renda do interessado no financiamento .

9.2. Empresários

Os empresários devem apresentar o pró-labore, que é destinado a sócios de empresas. A declaração de pró-labore pode ser emitida pelo contador da empresa a fim de que o sócio comprove seus rendimentos.

9.3. Profissionais liberais e autônomos

O Decore é o documento que comprova o rendimento de quem não tem carteira assinada. Isso engloba tanto os profissionais liberais, como médicos, dentistas e advogados, quanto os autônomos, como encanadores, eletricistas, vendedores, entre outros.


MF Neto Corretor de Imoveis MF Neto Corretor de Imove... x